domingo, 30 de novembro de 2008

Guerra e Paz!!




"A paz vos deixo, a minha paz vos dou. Não vo-la dou a maneira do mundo. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize." - João 14:27

Nós vivemos num mundo de famintos... famintos de pão, de agasalho, de trabalho, mas principalmente famintos de paz!! Todos a caçamos em nosso dia-a-dia, tanto que uns viajam para encontra-la, outros voltam para casa para acha-la, estes se casam p/ enfim obte-la, já aqueles outros se divorciam para finalmente consegui-la, lá adiante alguem arruma um emprego dos sonhos para mante-la, logo em seguida um companheiro abandona o serviço para vive-la... ou seja, uma busca sem fim... ela parece escapar entre os dedos como um punhado de areia!! Queremos aproveitar a vida em paz, mas não conseguimos fazer essa paz!! Mesmo os mais poderosos da terra não demonstraram possui-la. Vejamos Alexandre, O Grande, senhoriou diversos povos à custa de sangue, contudo veio a perecer ainda jovem, deixando grande espolio para ganancia de seus generais. Ou mesmo Anibal, o famoso Cartaginês, humilhou espanhois e gauleses, exibindo toda sua autoridade, corroido de amargura e desconfiança, desertou da vida pelas portas do suicidio!
Talvez o grande problema seja querermos a paz do mundo, ao invés de querermos estar em paz no mundo. Pois em busca da paz do mundo, inúmeras vezes promovemos a guerra em nosso intimo e nos corações alheios, não usando de escrupulos, custe o que custar, para obtermos o que acreditamos que vai nos fazer a felicidade!! E assim espalhamos tristeza, decepções, raiva, critica, amargura ao nosso redor. Enviamos raios de pessimismo e desanimo aos corações que cruzem nossos caminhos, a pretexto de ocuparmos nosso lugar no mundo... ledo engano do coração do homem!! Jamais se consegue a paz magoando corações, pois nossa consciência cedo ou tarde, cobra o preço da afronta a Lei de Amor e Caridade. O unico caminho para chegar-se a paz é implanta-la ao coração. Era a essa paz que Jesus se refiria e que o mundo não pode nos dar. Porque tudo que é matéria é passageiro, perecível... mas os tesouros do amor, através da amizade, do respeito, do carinho, da união, esses são eternos e os únicos instrumentos verdadeiros da paz em nossas vidas... não entremos no caminho do egoísmo e do orgulho que apenas busca a própria satisfação, mas a do amor que nos permite sermos felizes, fazendo aos outros felizes... essa é a verdadeira paz!!! Abraço!!

Um Amigo

3 comentários:

Du disse...

O unico caminho para chegar-se a paz é implanta-la ao coração!

Concordo plenamente!

Abraços!

Roberta.rj disse...

Bom dia Digo!!! Que lugar cheio de PAZ!!!
O importante é conhecermos a nós mesmos, é deixar falar o nosso mestre interior... Mas essa é uma tarefa muito difícil nos dias de hj!!!
Um abraço e um dia de muita LUZ,HARMONIA e PAZ PROFUNDA pra vc e todos os seus...
ROBERTA

Roberta.rj disse...

Desculpe Diogo, escrevi seu nome errado no comentário anterior...
ROBERTA